Estamos Online!

Dicas para limpar os vidros sem deixar manchas

27 outubro 2016 0 comentários juraski

 O limpa-vidros, encontrado facilmente em supermercados, é apropriado somente para a limpeza de vidros e espelhos que não estão localizados em cômodos que acumulam sujeira gordurosa. Nesses casos, o ideal é usar um desengordurante neutro e líquido, antes da aplicação do limpa-vidros. Se você não gosta do resultado obtido com os limpa-vidros, uma opção é trocá-lo por detergente e vinagre, que são mais baratos e bastante eficientes. 

 Para fazer a limpeza de superficies envidraçadas use esponjas macias e panos de algodão, que não soltem fiapos. Os rodos com dupla face (esponja para lavagem e tecido de flanela ou algodão para secagem) são práticos para a limpeza de grandes áreas que estejam fora do alcance das mãos de quem está fazendo a faxina. 

 Para evitar riscos e manchas, nunca utilize produtos de limpeza a base de solventes, saponáceos e panos ou esponjas de material áspero. 

 O velho truque caseiro de usar para limpar os vidros pode até surtir algum efeito nas primeiras vezes, mas segundo especialistas, com o tempo, os resíduos de tinta da impressão do jornal ficam impregnados na superfície, comprometendo a visibilidade. 

 A limpeza dessas superfícies não requer o uso de água abundante ou excesso de produtos industrializados. Para impedir que a solução líquida seque e cause manchas, a indicação, principalmente se a área for extensa, é dividir a janela, porta ou espelho em partes para limpar e, na sequência, secar por etapas. Outra sugestão que ajuda a não deixar marcas é passar o pano ou esponja em uma única direção. 

 O ideal é limpar um lado da janela com movimentos horizontais e o outro lado com movimentos verticais, assim será mais fácil identificar manchas. 

 Vidros serigrafados e espelhos exigem limpeza diária pois sujam com mais facilidade. Evite danificá-los com água em abundância. Para eliminar qualquer aspecto embaçado em espelhos, passe o papel toalha seco, em movimentos circulares ao final do procedimento de limpeza. 

 Para limpar mesas de vidro após uma refeição, molhe uma esponja macia em água morna, coloque cerca de quatro gotas de detergente e esfregue o tampo. Depois, com pano molhado, remova o sabão e com pano seco, enxugue. Finalize com papel toalha e um pouco de álcool. 

 Para aqueles cantinhos da junção da esquadria com o vidro de janelas e portas ou da moldura e com o espelho, que são de difícil alcance, uma dica é usar uma escova de dentes ou um palito de churrasco, encapado com um pedaço de pano ou gaze. 

 Dias nublados são melhores para a limpeza dos vidros de janelas e portas, isto porque em dias ensolarados a incidência de luz do sol direta acaba secando o produto muito rápido prejudicando a limpeza. Limpar à sombra garante que a solução usada não evapore rapidamente e, consequentemente, cause marcas no vidro. 

 Nos boxes dos banheiros o ideal é aplicar impermeabilizantes sobre a superfície pelo menos uma vez por mês. Sem esta aplicação, a limpeza deve ser feita pelo menos duas vezes por semana, para eliminar resíduos de shampoo, sabonete, condicionador e até mesmo, da própria gordura e sujeira da pele e dos cabelos. Uma dica caseira para impermeabilizar o box é passar lustra-móveis no vidro já limpo e seco. O produto evita que a sujeira e o sabão grudem no vidro. 

Receita de limpador de vidros caseiro 

- 1/2 copo de álcool 

- 1/4 de colher (chá) de detergente 

- 2 colheres (sopa) de amônia (ou 3 colheres de sopa de vinagre ou suco de limão) 

Misture todos os ingredientes em uma garrafa pequena com borrifador. Complete com água e misture bem. (Com informações Dicas de Mulher e Uol)